Mês: Janeiro 2016

11 motivos para você visitar Miami

VMPM - ThIP5“Mas Miami? Deve ter só o nome. Não deve ser tão interessante assim” Você pode se perguntar. Um artista famoso nascido por lá discorda de você. Seu nome: Pit Bull. O cantor cantava o famoso “Hey Mr. 3-0-5” antes de suas músicas fazendo referência ao DDD da cidade. Então veja a seguir 11 motivos para você concordar com o Pit Bull e visitar Miami:


1. Praia

Sarasota Beach

Esse deve ser um dos principais pontos da lista sobre o por que visitar Miami. Por ser um dos poucos lugares do mundo a ter um clima subtropical e sol duranto o ano inteiro, quase todo o dia é dia de praia. Mesmo na temporada dos tornados e chuvas, estes sempre terminam com fortes raios de sol.

Muitas praias são conhecidas, mas recomendo você ir em locais mais ao sul que são um pouco mais privados. Entre as boas pedidas temos South Beach e Nikki Beach. Mas não se pode ir pra lá sem ir para Sarasota, a praia conhecida por ter a areia mais fina e branca do mundo. Muito bonito né?

 


2. Compras

Compras Aventura Mall

“Vai pros Estados Unidos? Me traz um _______ !”

Nós sabemos bem que ir para os Estados Unidos significa fazer compras. E Miami é um dos lugares que ajuda a reforçar isso. Com uma grande infinidade de shoppings fica muito fácil para qualquer turista pirar e gastar boa parte das suas reservas por lá.

Mas nem tudo é tristeza! Com foco e sabendo o que se precisa comprar, é capaz de aproveitar as diferenças (gritantes) entre os preços de alguns itens lá e aqui, e economizar bastante. As duas ruas mais famosas para compras são a Lincoln Road e a Collins Avenue, e os melhores shoppings são Aventura Mall, Dolphin Malll, Miami International Mall, Daydon Mall e Miami Outlets.

Prepare os bolsos que é hora de finalmente comprar o que você queria tanto.


3. Ambiente multicultural

Multicultural

A região é muito multicultural. Lá você encontra gente de todos os lugares do mundo, com muitas pessoas da América Central e América Latina pela proximidade. O lado bom disso além da troca cultural? Comida claro! Turca, Cubana, Brasileira, Turca, Francesa, Israelita, enfim, só pensar em uma.

Sim, já enchi a boca de água só de imaginar.


 4. Little Havana

Existe uma comunidade muito forte de cubanos por toda a cidade de Miami.. Então um dos bairros de lá é chamado Pequena Havana, por parecer a capital de Cuba, mas em forma reduzida. Você apreciar iguarias cubanas, comprar os famosos charutos, e beber um café típico.

Além disso o bairro tem várias galerias de arte, e 3 grandes eventos culturais:

Viernes Culturales (Sextas Culturais), que acontece toda última sexta feira do mês, e tem apresentações de música e danças ao vivo além de galerias de arte abertas até as 23h

Cuba Ocho, um local eclético que tem mobílias bem antigas (algumas tiveram como dono o Frank Sinatra), arte, jazz ao vivo e bar com cachaças.

Carnaval Calle Ocho Festival que acontece em março, sendo o evento do ano onde se celebra o carnaval nas ruas.

O cantor Pit Bull foi nascido em Miami de pais cubanos, começou a carreira em uma banda que chamou de Calle Ocho, a rua principal do bairro.

Deu vontade de conhecer?

 


5. The Venetian Pool

Venetian Pool

Venetian Pool é uma piscina criada utilizando como fonte um poço artesiano de água cristalina vinda de fontes subterrâneas, que é renovada diariamente. É um local muito bonito, com água beeem gelada e natural. Diria que é uma das atrações mais bonitas artificiais de Miami.

Funciona diariamente das 10h às 17 e o custo é baixo comparado com outros programas turísticos da região (US$ 12,00 Adultos e de crianças de 3 a 12 anos US$ 7,00).

Se estiver com a família ou grupo grande é possível alugar o local para uma festa na piscina! Imaginou?

Obrigatório passar pelo menos algumas horinhas aproveitando o local.


6. Vida Noturna

Night Life

Miami é muito conhecida pela sua vida noturna. São tantas opções de restaurantes, bares e festas, que para conhecer todos você precisaria se preparar para ficar por lá por meses. Sempre há algo para fazer não importa a hora do dia.

Muitas celebridades escolhem a região como destino de suas saídas. Além disso muitos locais servem os famosos mojitos king-size, ou seja, um copão pra deixar você e seus amigos impressionados.


7. Parque Nacional Everglades

Everglades

A região da Flórida é uma região de pântano. Um dos poucos locais onde você ainda consegue ver esse tipo de ambiente é no sul, na região de Everglades. Lá se mantém o parque nacional, que serve como habitat para muitos animais em instinção, como o crocodilo americano e a famosa pantera da Flórida. O custo de entrada é bem acessível, e ainda é possível acampar.

O parque por si poderia ser foco de um artigo só para ele de tantas coisas interessantes que se pode fazer. Entre os programas, os mais famosos são o aerobarco, que transita desbravando a região pela água, o observatório Shark Valley que permite uma vista 20 m acima do nível das árvores, e nadar no recife de corais.

Um ótimo lugar para se reconectar com a natureza.


8. Arena American Airlines

American Airlines Arena

O povo americano é fanático por basquete na mesma medida que nós brasileiros somos por futebol.

Em Miami fica a Arena America Airlines, estádio do Miami Heat, um dos times mais fortes da NBA, liga americana de basquete. Vale a visita ao estádio.

E caso você não queira gastar com o ingresso, os jogos costumam ser transmitidos nos bares da região. Prepare os petiscos, as bebidas e curta o jogo ali mesmo. Quem sabe você não dá sorte de assistir um clássico como Miami heat vs Lakers?


9. Seaquarium

Seaquarium

Se você está cansado de ir à aquários onde você vê tudo do outro lado do vidro, o Seaquarium é uma experiência única. Você pode entre outras coisas, nadar, encostar e abraçar golfinhos e focas e interagir com animais no recife de corais. Uma experiência mais interessante que a outra.

Infelizmente as atividade não são tão baratas. Porém, se estiver em Miami com um dinheirinho a mais, já sabe onde gastar!


10. Florida Keys

Key West Sunset

Se você estiver fazendo uma viagem um pouquinho mais longa para Miami, você pode se aventurar um pouco mais para o sul e e ir para Florida Keys. The Keys são pequenas ilhas que estão a apenas 2-3 horas de distância de Miami de carro.

Lá você pode viver a boa vida boêmia. E ainda comer os melhores peixes que você já experimentou e pegar o melhor bronzeado da sua vida.

Além disso, lá fica Keywest, local onde você vai ao ponto mais ao sul do país, ponto que fica a apenas 144 km de Cuba, e onde ocorrem as competições de regatas. O pôr-do-sol lá é uma atração à parte.


11. Wynwood Art District

Wynwood art district

Antes conhecido por ser um bairro mal cuidado e totalmente degradado, até que Tony Goldman passou por lá e decidiu revitalizar o bairro. Ele convidou muitos amigos grafiteiros para usar as paredes e portas dos galpões como quisessem. Isso só poderia dar errado ne?

Na verdade não, os grafites ficaram lindos, e hoje o bairro é presença obrigatória para qualquer um que passa pela região. Hoje já passam de 70 galerias, e mais o número de grafites que não para de crescer.

Translado barato de 12 dos aeroportos mais populares do mundo

Img Paris AirportEntão você chegou de viagem. Acaba de realizar o sonho de sair do país, e já está no aeroporto na gringa. Enquanto aguarda sua mala chegar começa a pensar: como vou sair do aeroporto e ir para a cidade, vou encontrar algum translado barato? Sim, boa pergunta. Para te ajudar com isso aqui você vai achar uma lista com as dicas para sair de 12 dos principais aeroportos do mundo mais visitados por brasileiros sem gastar muito. Assim você economiza seus dólares, e euros para gastar com o que realmente importa e não com translado! Vamos à lista:


1. Aeroporto Internacional de Orlando (MCO) – EUA

Aeroporto-de-Orlando-1

O aeroporto fica a  quase 10 km do sudeste da cidade de Orlando na Florida, sendo o 13º mais movimentado do país, e o 29º do mundo.

Ônibus – US$4 para os resorts da Disney e US$2 para outros locais da cidade. Os ônibus saem a cada 40min-1h.

Se você for usar bastante o transporte público, pode comprar um passe diário que custa US$4,5 e compensa se for usar mais do que 2 ônibus.

Há também o passe de US$16 com uso ilimitado por semana, porém esse deve ser comprado com antecedência (enviado para sua casa)

Translado Hotéis Disney – Se estiver em um Hotel Resort Disney, você tem a regalia de não só ter um trnasporte gratuito na ida e na volta, mas se chegar entre 05h e 22h, eles pegam sua bagagem para você e levam para o Hotel. Legal né?

Para saber mais clique aqui.

Van -Esse serviço traz comodidade no transporte e varia o preço dependendo da região que você vai. Os preços variam dependendo do seu destino. Porém os preços ainda são bem abaixo dos taxis. A taxa mais alta é para ir à Disney saindo US$ 23 a ida e US$ 37 comprando ida e volta.

Pode verificar por região os preços por destino clique aqui.    


2. Aeroporto Internacional John F. Kennedy (JFK) – EUA

Aeroporto John F. Kennedy

O Aeroporto fica a 25 km da cidade, na seção sudeste do bairro do Queens. É o maior aeroporto de entrada nos EUA, recebendo o maior número de voos internacionais do pais.

Trem/Metro – O aeroporto é conectado às linhas do metro de nova iorque. Por lá você pode seguir para praticamente toda a cidade. Existem duas linhas, então não é difícil descobrir qual delas vai te levar para seu destino.

Opção recomendada se você tiver no máximo uma mala, e não chegou de noite / madrugada. O custo sai por volta de $ 7,5 por pessoa

SuperShuttle – é um transporte compartilhado, onde cada passageiro é deixado na porta do seu hotel. De acordo com o destino de cada um o motorista escolhe o melhor trajeto, você podendo ser o primeiro ou o último.

O veículo tem capacidade para até 11 passageiros. O custo fica entre $15 e $30 dependendo da empresa. com as taxas. Mais confortável e mais rápido do que a trem/onibus.

Taxi – Difícil de imaginar taxi na lista de formas mais baratas de viajar. O taxi teria uma tarifa fechada de $45 mais a gorjeta (entre 15% e 25%). Dependendo do número de pessoas já compensa. Em 3 sairia cerca de $22 cada um.


3. Aeroporto Internacional Ministro Pistarini (EZE) – Argentina

Aeroporto Ministro Pistarini EZE

O aeroporto, também conhecido como Aeroporto Internacional de Ezeiza, fica na localidade de Ezeiza (daí o nome). Ele fica a cerca de 22km do centro da cidade. é uma dos aeroportos mais modernos do hemisfério Sul, e o maior do país.

Ônibus – Obviamente a forma mais barata seria de transporte publico. A linha que passa no aeroporto é a linha 8. O ônibus custa 4$ e passa por toda a cidade. Infelizmente ele demora um bom tempo para chegar ao seu destino final, sendo aconselhável caso você não esteja com o tempo contado.

Hi Travel Shuttle – Esse serviço de translado opera durante a semana de hora em hora das 09h45 até as 16h45, e nos finais de semana e feriados as 09h15, 11h50, 14h45, 18h10. O custo é de US$13 do nos dois sentido (aeroporto centro e centro aeroporto), e é necessária a reserva to serviço através do site.

Para saber mais clique aqui.

Minibus S.R.I – São minivans que realizam o serviço levando de 4 a 19 passageiros. O serviço começa as 08h00 e vai até as 18h00 de meia em meia hora.

Aos finais de semana apenas operam para viagens privadas. Então se estiver sozinho de final de semana não é uma opção.

O custo é de US$ 4 sem bagagem o e de US$ 7 com uma mala. Também é possível fechar um carro para um grupo, o que sai a um preço bem acessível para cada um. Não é necessária reserva,

Para saber mais clique aqui.


 4. Aeroporto Internacional de Miami (MIA) – EUA

Aeroporto Internacional de Miami

É o principal aeroporto que serve a área de Miami. Ele fica no Condado de Miami-Dade, a 13km nordeste do centro de miami. É o principal aeroporto que conecta os Estados Unidos e os países América Latina, motivo pelo qual a região tem muitos latinos.

É o mais movimentado da Flórida, 10º nos estados Unidos e 23º do mundo.

Translado para Hotéis – Alguns hotéis fazem o translado gratuito. Confira se o local que você escolhei tem essa opção.

MIA Mover – Esse serviço de translado liga o aeroporto à Estação Central do Metrô de Miami. De la você pode ir para todos os pontos da cidade. As tarifas vão de US$2 até US$ 6,9 dependendo do seu destino.

Uber – O transporte público em geral é péssimo. Sendo assim além de sair do aeroporto é algo a se considerar como você vai se movimentar na cidade. Uma opção ao caro taxi é o Uber:

Ele tem tarifas mais baratas que o taxi em geral. Você faz o download do aplicativo e já pode pedir. Por lá o custo é composto por: preço inicial de $0,95 + $0,13 por min + $0,85 por milha percorrida.

Esse preço somente se altera caso tenham mais pessoas pedindo carros do que carros disponíveis, o chamado preço dinâmico.

Para entender um pouco mais clique aqui.

Aluguel de carro – Dependendo de quanto tempo for ficar por lá e seus planos, é uma boa opção, pois já pode sair do aeroporto com um carro em mãos.

O preço de carros por lá é barato o que reflete no aluguel. Se encontra alugueis por até $150 por semana. O combustível também é muito mais barato que por aqui. Assim você economiza gastos de transporte na cidade. 


5. Aeroporto Charles de Gaulle (CDG) – França

charles de gaulle paris

O aeroporto está localizado a 23km a nordeste de paris e é o 8º maior do mundo e o 2º maior em fluxo de pessoas da Europa.

Rede ferroviaria RER – São trens que ligam pontos principais ao centro da cidade (aeroportos, Disney, subúrbios de Paris, entre outros).

Existem 5 linhas, e acabam por cortar a cidades em todos os sentidos. A linha que leva ao aeroporto é a linha B. Os trens saem a cada 15 minutos e tem custo de 10€

Para ver o mapa clique aqui.

Onibus Roissy – É uma linha de onibus que segue sem parada até Paris. O destino Estação Ópera. Se o local que você vai ficar não for tão perto de lá, dependendo do peso das malas deixa de ser uma boa opção. Ele funciona das 06h às 20h45 de 15 em 15 minutos e das 20h45 às 00h30 a cada 20 minutos. O custo é de 10,50€.

Les Cars Air France – A Air France, companhia aérea, oferece um serviço que liga a cidade de Paris aos aeroportos. Dependendo de para onde você vai ele pode custar entre 12,5 €. e 17,5€., e funciona 7 dias por semana das 05h às 23h40.


6. Aeroporto Internacional Comodoro Arturo Merino Beniteza (SCL) – Chile

Aeroporto Arturo Beniteza Chile

O aeroporto está localizado a 17km a noroeste da cidade de Santiago. É um dos aeroportos mais modernos da América Latina.

Ônibus – Os ônibus te levam até os bairros do centro de Santiago. As principais empresas são a Tur-Bus (com ônibus verde) e a Centropuerto (com ônibus azul). Os dois passam por estações de metrô.

Ambos bem baratos, estando por volta de R$ 9,00, com vários horários por dia, apenas não funcionando nas madrugadas.

Taxi / Transfer – São muito mais caros do que o ônibus, sendo apenas uma opção viável se você chegar na madrugada quando não funcionam os ônibus, ou caso tenha muita bagagem. O custo sairia R$ 85,00 e R$ 120,00 dependendo do destino.


7. Aeroporto Internacional de Los Angeles (LAX) –  EUA

Aeroporto Internacional de Los Angeles

O aeroporto é o maior e mais movimentado aeroporto do Estado da California, sendo o 5º mais movimentado do mundo todo.

MetroRail – Existe um serviço de translado gratuito que te leva para a Linha verde do metrô na Aviation Station O serviço custa US$ 1,75 mais  US$1  para a compra do cartão (somente cobrado na primeira, nas outras você recarrega o cartão). Através do metrô você consegue chegar em toda a cidade através das 6 linhas que existem na cidade.

FlyAway Bus – São ônibus circulares que funcionam 7 dias por semana e conectam o aeroporto às regiões de Holllywood, Santa Monica, Wetwood, Union Station e Van Nuys. O custo depende do destino final, e varia entre US$8 e US$10.

Super Shuttle – É um serviço de translado particular, quase como um taxi, onde você paga um valor pelo carro, e um extra para cada novo passageiro.Se estiver sozinho ele não é boa opção, mas se acompanhado pode compensar.

Por exemplo, para 7 passageiros no carro mais simples sairia menos de 18 US$ por pessoa.


8. Aeroporto Londres Heathrow (LHR) – Reino Unido

Heathrow

O aeroporto que fica a 22 km a oeste do centro de Londres. É o mais movimentado da Europa e o 6º mais movimentado do mundo.

Trem – Dependendo de quanta pressa você tem, existem algumas opções de trem:

Heathrow Connect: É um serviço com paradas que no caminho para em até 5 estações tendo o ponto final a estação Central de Londres. Os trens saem a cada meia hora, e a viagem dura 27 minutos. O custo varia dependendo de onde você pretende ir, indo de 6,2£, até 10,20£ para a estação Paddington.

Heathrow Express: É um serviço de trem sem paradas, que leva até a Estação de Paddington. Ele funciona a cada 15 minutos, e leva 15 minutos para chegar realizar o trajeto. Custa 22£ só ida e 36£ se comprar ida e volta.

Metro – A linha de Piccadilly tem quatro estações que passam no aeroporto. A jornada do aeroporto até a Estação Central de Londres leva entre 40 e 50 minutos. O custo é de 6£.

Ônibus – Existem dois serviços principais de ônibus saindo do aeroporto até a cidade:

National Express: Esse serviço opera interligando o aeroporto a vários destinos no Reino Unido. É o famoso ônibus de 2 andares. Ele funciona a cada 20 min em média, e dependendo de para onde você vá demora entre 35 e 60 minutos de viagem. O custo é de 6 £.

Heathrow Hoopa: É da mesma empresa que o anterior. A diferença entre eles é que o Hoppa promete interligar o aeroporto e os principais hotéis da cidade.  Permite que cada passageiro carregue 2 malas e mais uma de mão sem custo extra. Opera 24h por dia, 7 dias por semana. O custo é de 4£ libras por pessoa.


9. Aeroporto Leonardo da Vinci – Fiumicino (FCO) – Itália

Aeroporto-Internacional-de-Roma-Saguão

O aeroporto está a 35 km a sudoeste do centro histórico de Roma.  É o 8 mais movimentado da Europe e o 34 do mundo.  O nome é uma homenagem ao gênio Leonardo da Vinci que desenhou um protótipo de máquina voadora ainda em 1480.

Leonardo Express – Esse serviço de trem faz uma linha direta entre o aeroporto e o centro de Roma, estação de Termini. A viagem dura cerca de 30 minutos. O bilhete custa 11 €.

Trem Metropolitano – Esse serviço é um pouco mais antigo que o anterior, e tem conexão com o metrô. O trem FM1 liga o aeroporto à regiões como Roma Tiburtina, Fara Sabina, Poggio Mirteto e Orte. Porém este não para na estação Termini. Para ir ao metrô você deve descer na estação Tiburtina ou Ostiense. A viagem custa 5,50 € + 1 € caso você não tenha o bilhete ainda.

Translado – Existe uma linha de ônibus de translado, a Terravision Shuttle Bus, que faz a rota entre o aeroporto e a estação central de Termini.  O serviço opera todos os dias de a cada meia hora, e custa 9 €, fazendo 5 paradas no trajeto, e leva 70 min no total.


10. Aeroporto Adolfo Suárez Madrid-Barajas (MAD) – Espanha

Madrid Barajas

O aeroporto está localizado a apenas 13km a nordeste de Puerta del Sol, o centro histórico da cidade. É o 6º mais movimentado da Europa.

Metrô – Por sua proximidade com a cidade uma das formas mais eficientes de transporte é o metrô. A linha 8 do metrô liga o aeroporto à estação Nuevos Ministerios que fica no centro comercial da cidade. O ticket sai por 5 €.

EMT Bus – A cidade também tem um ônibus municipal que faz a linha que liga o aeroporto à principais pontos da cidade e opera 24h por dia 7 dias por semana. Diferentes linhas podem te levar à estação Avenida de America e estação Renfe Atocha (principal estação de trem da cidade). Tem também um serviço noturno que leva até a Plaza Cibeles. O custo é de apenas 1,50 €, o que vale muito sabendo que tem excelente qualidade o serviço.


11. Aeroporto de Barcelona-El Prat (BCN) – Espanha

Barcelona El PratO aeroporto está localizado a 10 km a sudeste de Barcelona. É o segundo mais movimentado da Espanha.

Trem – A linha R2 funciona faz a ponte entre o aeroporto e acessos ao metrô. O preço funciona em sistema de coroas, ou seja, quanto mais distante você for em relação ao centro mais cara a passagem. O custo vai de 2,15 € para cruzar apenas 1 zona, até 6,15 € cruzando as 6 zonas.

Metrô – A partir de 12 de fevereiro de 2016 o metro terá uma estação em cada terminal. Se você visitar depois da inauguração nos conte sua experiência. O metrô tem um custo de 2,15 €.

Aerobus – É o serviço oficial de ônibus do aeroporto. Ambas as linhas vão até a Plaça Catalunya, no centro de Barcelona, onde tem uma estação de metrô. No trajeto passa pela Plaça Espanya, Plaça Universidad e Gran Via. Funciona 365 por ano com saídas a cada 5 min. O custo depende do destino, com preço a partir de 5,0 €.

Os horários podem ser consultados em tempo real no site, além de poder fazer a compra do bilhete online.

Para saber mais clique aqui.


12. Aeroporto Internacional de Atenas Eleftherios Venizelos (ATH) – Grécia

Aeroporto Atenas

O Aeroporto fica a 20km do centro de Atenas. É o maior aeroporto do país e o 30º mais movimentado da Europa.

Metrô – Existe uma linha ao lado do aeroporto que dá acesso à linha 3 do metrô. Funciona todos os dias das 06h30 as 23h30, saindo a cada 30 minutos. A viagem dura cerca de 40 minutos e tem um custo de 8 €.

Trem – Existe uma linha ao lado do aeroporto que dá acesso à do serviço suburbano Proastiakos. O serviço não é tão rápido quanto o metrô,  mas dependendo do seu destino pode te deixar mais perto. Ele parte a cada 15-25 minutos e conecta com a Estação Central de trem de Atenas, a Estação Larissis. O custo é de 6 €.

Ônibus – Existem 4 linhas de ônibus ligam diretamente ao aeroporto, sendo elas X93, X95, X96 e X97. É uma opção pois funciona 24h por dia, saindo a cada 10-25 min e tem custo de 5 €. As viagens podem durar entre 45 min a 70 min.

Ficou mais fácil saber como sair do aeroporte e economizar não é?

Agora só falta comprar sua passagem.para Clique aqui para descobrir como economizar no Turbine Suas Milhas Aéreas!

7 feriados e festivais para se conhecer nos EUA

Não é só de pontos turísticos que vive os Estados Unidos. Além da Estátua da Liberdade, Memorial do Lincoln, da Disney e outros, também existem momentos especiais para se viver por lá. Entre uma infinidade de feriados e festivais, escolhemos 7 que você tem que conhecer se estiver por lá. Eles estão em ordem de acontecimento durante o ano.


 

1. Super Bowl

Quando: última semana de janeiro / primeira semana de fevereiro

1. Superbowl-min

Nos Estados Unidos um dos esportes preferidos é o Futebol Americano. A principal liga é a NFL – Liga Nacional de Futebol.

A temporada começa em Agosto e a final da Liga é chamada Super Bowl.  Ir ao estádio na final, além de difícil é um tanto caro. Porém, no dia do Superbowl, o clima é de festa, as pessoas se reúnem nas casas um dos outros para assistir os jogos, regado a salgadinhos e bebidas.

Além de um momento único para se divertir, as empresas aproveitam esse momento e lançam propagandas muito engraçadas, que ficam durante meses fazendo sucesso no YouTube.

    


2. Mardi Gras

Quando: 2ª terça-feira de fevereiro

2. Mardi Gras

O nome em francês significa  literalmente “Terça Gorda”. A data é o Carnaval dos Estados Unidos.

Assim como um carnaval deve ser, as pessoas se fantasiam, saem mascaradas, saem na rua para em desfiles. O festival varia de cidade a cidade, e o mais conhecido é o do New Orleans, Louisiana, que dura mais tempo (do início de janeiro até a quarta feira de cinzas), realiza as maiores festas e desfiles, e leva o lema “Laissez les bons temps rouler” que significa algo como “deixe os bons tempos rolarem”

Apesar de o Carnaval brasileiro ser mais famoso, se estiver por lá nessa data, não tem como perder as festividades.


3. Cinco de Mayo

Quando: 5 de maio

3. Cinco de mayo-min

O Cinco de Mayo é uma celebração que acontece no dia 5 de Maio (como o nome já diz). O dia é na verdade uma celebração mexicana, onde eles comemoram uma vitória importante contra tropas francesas, que no futuro gerou a expulsão deles da região.

Apesar disso, o dia é muito mais importante nos Estados Unidos do que no próprio México, sendo comemorado até por não descendentes.

Nesse dia acontecem muitas atividades, como bailes folclóricos e apresentações de mariachi (violonistas que tocam músicas tradicionais), além é claro de provar bebidas famosas mexicanas como tequila e margarita.

Ótimo para conhecer um pouco mais do México, nos Estados Unidos. Vamos a bailar?


 4. Dia da Independência

Quando: 4 de julho

4. Independence Day

Apesar de ao ouvir o nome a gente lembrar o nome do filme (“Independence Day”), esse dia não celebra a independência de alienígenas, mas a assinatura da Declaração da Independência de 4 de Julho de 1776, onde os Estados Unidos deixariam de seguir as regras dos ingleses.

O dia é muito importante para o país, sendo um dos poucos feriados nacionais. Muita celebração por todo o país, com direito a 30 minutos de fogos de artifício, desfiles, churrasco e muita celebração.

Acontece em todo o país, porém o desfile mais conhecido acontece em Gatlinburg, Tennessee, local onde ocorreu o primeiro desfile da história, chamado Desfile da Meia Noite.

 


5. Halloween

Quando: 31 de outubro

5. Halloween

O Halloween é um velho conhecido nosso. Não é um feriado, mas apenas um tipo de festival, um dos mais populares do país. Diferente daqui onde não é habitual, lá ocorre exatamente como vemos nos filmes. Crianças se fantasiam e saem às ruas batendo de porta em porta com o famoso “Gostosura ou Travessura”. Lá, todas as casas se preparam para o dia comprando muitos doces.

Quem não é mais criança também comemora com roupas muito realistas de zumbis, fantasmas, entre outros. Muitos acabam fazendo pegadinhas nas casas, e acendendo fogueiras para contar histórias de terror. Á noite acontecem também muitas festas, onde eles podem desfilar com suas fantasias para alegria de uns e sustos de outros.

Outra tradição é a de cortar uma abóbora para parecer um rosto macabro, e colocar velas dentro para refletir o formato de um rosto, que eles chamam de “Jack-o-lantern”.

Todo esse clima de mistério e diversão é uma atividade obrigatório para qualquer um que passa por lá na época.


6. Dia de Ação de Graças

Quando: 4ª quinta-feira de novembro

6. Thanksgiving-min

Esse é um dos feriados nacionais. Ele celebra o agradecimento pela colheita do Outono e começou quando pelegrinos que passavam por Massachusetts sobreviveram à um inverno muito rigoroso em 1621 com ajuda dos Índios americanos que viviam no local.

As pessoas normalmente se reúnem com suas famílias para um grande jantar com Peru rechado, milho, molho de cranberry, batata doce e torta de abóbora.

É um ótimo momento para dar graças pelos bens e coisas que se tem.

Ironicamente, no dia seguinte foi instituído o Black Friday, grande dia de consumo ondes as lojas dão descontos absurdos e estimular o consumismo. Vai entender.

De qualquer jeito, é um dia para não se perder!

 


7. Ano Novo

Quando: 31 de dezembro

7. New years eve-min

Como todo 31 de dezembro nos países que seguem o calendário Gregoriano, a virada é comemorada com muita festa, celebração, fogos de artifício. Diferente de como é no Brasil, normalmente as pessoas celebram menos na rua, e muito mais em restaurantes ou evento com a família e amigos.

Umas das exceções e é um presença obrigatório para qualquer um virando o ano nos Estados Unidos, é Nova Iorque. Em Times Square, o bairro iluminado, existe uma  bola que começa a descer durante a contagem regressiva e alcança o famoso relógio de Times Square exatamente à Meia Noite. Veja no vídeo:

Depois da virada, existe muita oportunidade de aproveitar a vida noturna. Apenas tome cuidado pois muitas pessoas acabam dirigindo após consumo de bebidas alcoólicas. Mas cuidados a parte, é um dos lugares mais famosos do mundo para aproveitar a virada.

E então, gostou?

Comece a planejar sua próxima viagem para um desses feriados. Garanto que não irá se arrepender.

Booking e mais 10 aplicativos para você economizar na sua viagem

apps de viagemNosso avôs nem poderiam imaginar que seus netos hoje tem nas mãos uma ferramenta mais poderosa do que aqueles gigantes computadores primitivos: os smarphones.

Então porque não utilizar essa ferramenta tão poderosa a nosso favor durante nossas “peregrinações”?

A seguir apresentamos o Booking e mais 10 aplicativos para te ajudar a economizar na sua viagem. Pode abusar dessas dicas, pois todos os apps são gratuitos e muito úteis pra você aproveitar melhor a sua viagem, gastando menos.

HOSPEDAGEM

1. KayakKayak

Dentre os buscadores de vôos o Kayak é um dos mais novos, e que está ganhando os consumidores. Diferente de muitos outros ele tem uma interface bem simples, básico, sem cores muito fortes, ou janelas abrindo durante a navegação.

Nos Estados Unidos é um dos líderes de utilização. Como é o padrão ele faz a busca de passagens nas maiores companhias aéreas mundiais. O principal diferencial é que ele não cobra nenhuma taxa, ou seja, ao selecionar o vôo você é direcionado para o site da companhia para efetuar o pagamento.

Ao selecionar data e hora da viagem, ele te mostra na mesma semana quais as diferenças de preços. Assim você pode alterar a data da viagem para economizar o máximo possível.

Além disso você pode programar para receber mais informações de um percurso específico. Quando os preços caírem, ou tiver uma promoção o site te manda um alerta.

Presença obrigatório para os viajantes que gostam de economizar.

Disponível em   .
App StoreGoogle PlayWindows Phone          


2. CouchsurfingCouchsurfing

É uma rede social que une viajantes e turistas que estão buscando hospedagem gratuita durante sua viagem e pessoas que abrem suas casas para receber esses visitantes. Por isso o nome Couchsurfing, que pode ser traduzido como “surfe de sofá”.

O site foi criado em 2003, e hoje com milhões de usuários em todo o mundo.

E é bem simples: você se cadastra, cria seu perfil falando um pouquinho sobre você, e aí é só começar a buscar locais para se hospedar. Fácil né?

Mas é seguro ficar na casa de desconhecidos? E se eu ficar na casa de um serial killer?”
O sistema é seguro sim. Depois da estadia os Couchsurfers (como são chamados os usuários) dão notas um para o outro e podem escrever comentários e referências sobre sua experiência. Além disso, você consegue obter informações sobre a pessoa e conversar com ela através da funcionalidade de troca de mensagens do próprio site.

Já imaginou, além de se hospedar de graça, fazer amizades que podem durar pra vida, e ainda ter um local como um guia turístico? Isso sim é vida!

Disponível em   .
App StoreGoogle Play


3. BookingBooking

Se ficar na casa de desconhecidos não for a sua onda, onde encontrar locais baratos para se hospedar? Dentre todos os sites de busca, o que recomendamos é o Booking.

Ele contém opções em praticamente todas as cidades do mundo. Na sua busca, você pode filtrar por notas de indicação de usuários, preço, localização, entre outros.

Além de poder ver fotos dos quartos, você também pode selecionar quais que oferecem certas comodidades, como café da manhã, incluso, conexão wifi, , estacionamento, etc

E o bacana é que você já pode fazer a reserva na palma da sua mão pelo próprio aplicativo. Prático né?

Disponível em   .
App StoreGoogle Play


 ATIVIDADES

4. TripAdvisorTripAdvisor

O TripAdvisor é fundamental para qualquer viajante que se preze. O site é alimentado pelos próprios usuários, e por isso, oferece milhares de avaliações de todos os aspectos importantes de uma cidade: Pontos turísticos, atrações, hotéis, restaurantes, e muito mais.

Qualquer usuário pode adicionar fotos de locais, comentários e tudo o mais. E o melhor, o aplicativo é tão completo quanto o site.

Nunca mais você vai ficar perdido em uma cidade se perguntando o que tem pra fazer por lá

Disponível em   .
App StoreGoogle PlayWindows Phone


ACESSO A REDES WIFI

5. Mandic MagicMandic Magic

O Mandic Magic é um aplicativo gratuito, que funciona como uma rede social de conexões WiFi. Atualmente tem mais de 12 milhões de usuários, e mais de 1.300.000 senhas grátis disponíveis por todo o mundo.

O funcionamento é simples: os usuários compartilham as senhas de redes WiFi que já se conectaram (que podem ser de restaurantes, hotéis, da escola, ou até da casa de um amigo), e essa fica disponível para qualquer usuário.

Ele funciona com um mapa que mostra quais os locais por perto que contém senhas registradas. Além disso é possível baixar o mapa para poder acessá-lo mesmo sem nenhuma conexão à internet.

O design do aplicativo é bem simples, mas ele não deixa de cumprir o mais importante: te conectar a internet em diversos lugares de graça.

Nunca mais você vai ter a desculpa para não ter uma conexão de internet!

Disponível em   .
App StoreGoogle PlayWindows Phone


CONVERSÃO DE MOEDAS

6. XE CurrencyXE currency

Ao saírmos do nosso país um dos primeiros conflitos que temos, depois da língua é: quanto eu estou gastando? Ainda mais quando temos uma poupança em real.

O XE Currency é uma dos sites mais famosos para converter moedas estrangeiras. Caso você precise ele pode converter até 6 moedas por vez, ainda compartilhar os resultados.

O aplicativo é gratuito e com design bem simples e fácil de usar. Nunca mais você vai ficar na dúvida se vale a pena comprar aquela roupa, tênis ou presentinho.

Disponível em   .
App StoreGoogle PlayWindows Phone


COMUNICAÇÃO

7.WhatsappWhatsApp

Velho conhecido este, presente em grande parte dos celulares e smartphones no Brasil. O aplicativo, que a pouco tempo foi adquirido pelo Facebook, causou uma polêmica com operadoras de telefonia no Brasil ao ativar a opção de chamada de voz.

Exatamente por essa função que acrescentamos nessa lista. Com uma conexão de internet apenas, você pode fazer chamadas para qualquer pessoa que também use o aplicativo. Além de poder falar com seus amigos e familiares no Brasil, ele também é popular em alguns países.

Se você já tem o aplicativo, você está com sorte, pois o Facebook definiu que a partir de agora ele passa a ser pago ($0,99). Porém, ainda assim tem um bom custo benefício. Não subestime o famoso “Zap-Zap”.

Disponível em   .  
App StoreGoogle PlayWindows Phone


8. SkypeSkype

Caso você precise falar com alguém que não tem WhatsApp, ou não está com uma conexão de internet no momento, o Skype passa a ser a opção ideal. No mesmo formato do WhatsApp, ele faz chamados utilizando apenas uma conexão de internet.

Chamados entre Skypes são gratuitas, mas o grande trunfo é a possibilidade de ligar do Skype para qualquer telefone do mundo com tarifas reduzidas, bem abaixo das cobradas pelas companhias telefonicas. Para ter uma noção, uma chamado do Brasil para os Estados Unidos sai por R$ 0,05 / min.

Portanto, se quiser fazer chamadas telefônicas baratas, conte com o Skype.

Disponível em   .
App StoreGoogle PlayWindows Phone


PARA SE VIRAR

9. Google tradutorGoogle Tradutor

Mesmo que você já domine fluentemente o inglês, espanhol, italiano, e qualquer outra língua, sempre vão surgir aquelas pequenas dúvidas sobre qual a pronúncia de uma palavra, ou como se fala tal expressão.

É por isso que o Google Tradutor se torna essencial. O aplicativo pode ser acessado de maneira offline, ou seja, sem conexão com a internet e traduz simultaneamente palavras e expressões que você escrever, além da opção de ouvir como se pronuncia.

Uma função impressionante é a de traduzir em tempo real, placas e escritos utilizando somente a câmera do seu celular. Essa função passou a estar disponível depois que o Google adquiriu a empresa Word Lens Translator, criador desta tecnologia. É incrível:

google_tradutor_imagens

Agora você não corre mais o risco de errar o caminho, ou entrar no banheiro errado por desconhecimento da língua!

Disponível em   .
App StoreGoogle Play


10. Google MapsGoogle Maps

Como era de se esperar, mais um aplicativo da lista é criação do Google. Difícil encontrar alguém que nunca utilizou o Google Maps. Agora, se você ainda não tem o aplicativo no seu smartphone, está perdendo.

Além de buscar endereços e informações de lugares físicos, traçar rotas para chegar no destino (em muitas cidades inclui o transporte público também), ele tem a função chamada Google Street View, em que você consegue ver as ruas como se estivesse andando nelas.

É literalmente ter o mundo na sua mão.

Disponível em   .
App StoreGoogle PlayWindows Phone


11. MetrOMetrO

Esse é um aplicativo simples e não tão famoso, mas ideal para aqueles que gostam de passear e explorar as cidades a pé, e utilizando meios de transporte de baixo custo.

Através do MetrO você pode encontrar a rota mais barata e eficiente usando transporte público (entre metrô, trem e ônibus) de mais de 400 cidades ao redor do mundo.

Ainda há a opção de salvar os mapas no celular para poder consultar mesmo sem ter uma conexão com internet.

Infelizmente a instalação para Android e Windows Phone não é tão simples, e tem que ser feita de forma manual. Porém o esforço recompensa seu benefício

Disponível em   .
App StoreWindows Phone

E então, gostou da nossa lista? Conhece algum outro app essencial para viagens? Comente aqui embaixo!

Adicionando Corrida na Esteira no Strava

Muitas pessoas tiveram dúvidas no nosso post sobre O Segredo do Strava para acumular Milhas Aéreas, então decidi colocar em detalhes aqui como fazer para acrescentar horas manualmente, e assim conseguir acrescentar uma corrida na esteira no Strava!

Existem três maneiras de fazer isso, e abaixo o nosso passo a passo:

1. Através da Web

  • Entre no Strava
  • Clique em “Upload” no canto superior direito da página
  • Clique em “Manual”, conforme listado no lado esquerdo
  • Selecione seu tipo de atividade, complete outros campos necessários e clique em “Criar”

Manual Activity Entry-Web

2. Aplicativo Android

  • Selecione o Feed de Atividades na aba de Navegação
  • No Feed de Atividades, clique no sign de MAIS (+) na barra de ações
  • Na página de Atividade Manual, complete a Duração, Distância, Velocidade, Título, Tipo de Atividade, Horário e Descrição para completar

RecordManualActivity - Android

3. Aplicativo iOS

  • Selecione o Feed de Atividades na aba de Navegação
  • No Feed de Atividades, clique no sign de MAIS (+) no canto superior esquerdo
  • Na página de Atividade Manual, complete a Duração, Distância, Velocidade, Título, Tipo de Atividade, Horário e Descrição para completar
RecordManualActivity_-_iOS_0RecordManualActivity_-_iOS

Pronto, que tal já aproveitar hoje para registrar sua primeira corrida na esteira no Strava e começar a acumular milhas? 🙂

Referências:
  • https://strava.zendesk.com/entries/20424753-Uploading-Manual-Activities
  • https://strava.zendesk.com/entries/62977144-Recording-an-Activity-Android
  • https://strava.zendesk.com/entries/62976814-Recording-an-activity-iOS

O Segredo do Strava para acumular Milhas Aéreas (Mova Mais, Runkeeper e MapMyRun)


Imagem Destacada
É muito comum escutar de várias pessoas a seguinte frase: “Semana que vem eu começo a malhar”. Mas, sabemos que para muitos essa semana nunca chega. Entretanto, apresento um grande motivo para sair do sofá e do computador, e botar esse corpinho em forma.

Ficar em forma não vai só vai melhorar a sua saúde, mas pode te ajudar a acumular milhas aéreas!

“É mesmo? Me conta mais”

Mova Mais

O QUE É O PROGRAMA?

O Mova Mais é um serviço que promete recompensar com pontos quem realiza exercícios físicos. Pontos estes que podem ser creditados em programas de benefício, que te permitem adquirir passagens aéreas, comprar produtos diárias em hoteis, ingressos de cinema, equipamentos esportivos, churrasqueiras e até pagar contas.

O serviço é 100% gratuito. Ele ainda está em fase beta, ou seja, ainda tem funcionalidades em fase de testes. Entre elas, os benefícios ofertados. A equipe do Mova Mais está fechando parcerias para troca pelos pontos.

No final do ano passado eles fecharam uma parceria com o Multiplus, programa de fidelidade da TAM, que hoje dá acesso a mais de 500 mil opções de vantagens, incluindo passagens aéreas.

COMO FUNCIONA O PROGRAMA?

O ganho de pontos começa a ser contabilizado a partir de 30 min de exercício. A análise do tempo de exercício desconta o tempo parado.

Meta Diária

Há uma meta de 30 minutos por dia.

Combo

Quando você bate essa meta por dias consecutivos acumula um Combo. Quanto maior o combo mais pontos você acumula pela mesma quantidade de exercício.

Descanso

Tão importante quanto o exercício é o descanso. Portanto, você pode descansar até 2 dias seguidos sem quebrar o Combo..

Aplicativo

O Mova Mais não tem aplicativo próprio. Para acompanhar seu exercício, você pode utilizar um dos 3 aplicativos parceiros: Strava, Runkeeper e MapMyRun. Os dados desses apps são automaticamente contabilizados no programa.

Pontos

O ganho de pontos é bem simples: quanto mais você se exercitar, mais pontos ganha. Você pode potencializar esse ganho com os combos e de dois outros jeitos: convidar amigos para se inscrever no Mova Mais, e ganhar medalhas. As medalhas são ganhas ao se atingir marcos de distância em um treino (ex: 30 km de Bike, 5 km de Corrida), ou um número de dias de combo (ex: 10, 20, etc).

Para iniciar 2016 com uma motivação extra, se você iniciar o primeiro combo do ano até dia 25 de janeiro e o mantiver até dia 31, vai receber pontos em dobro. Aproveite e comece agora!

Benefícios

A cada 10 pontos do Mova Mais equivale a 1 ponto no Multiplus da TAM. A transferência para os pontos da Multiplus podem ser feitas com um mínimo de 3000 pontos no Mova Mais.

COMO APROVEITAR OS BENEFÍCIOS

  1. Selecione qual aplicativo você vai utilizar. Veja qual é mais indicado para você

RunKeeper

Runkeeper

Strava

Strava

Map My Run

MapMyRun

Mais usado por corredores. Interface intuitiva e fácil de usar. Recomendamos esse app também para quem se exercita usando cadeira de rodas.

O preferido dos ciclistas e triatletas. Voltado para quem gosta de competição, ele divide o mapa em segmentos e faz comparação entre os atletas. Focado no mapeamento GPS das suas atividades. Controla o tempo, percurso, distância, ritmo e calorias consumidas durante suas atividades.
Disponível em

App StoreGoogle PlayWhite

Disponível em

App StoreGoogle PlayWhite

Disponível em

App StoreGoogle Play

Windows Phone

2) Faça seu cadastro no site movamais.com. Só de preencher todos os seus dados, você já ganha 60 pontos!;D

3) Durante o cadastro conecte o app que você escolheu no seu smartphone

Pronto! Agora é só começar a correr e acumular os pontos rumo á sua viagem dos sonhos.

Vá acompanhando seus pontos, combos e medalhas no site do Mova Mais. Para converter seus pontos para o Multiplus da TAM, é só acessar seu perfil, na parte superior “pontos”.

Nunca a expressão projeto verão fez tanto sentido!

Entre em forma e acumule milhas desde já!


BÔNUS 🙂

Adicionando Corrida na Esteira no Strava

Como fazer para acrescentar horas manualmente, e assim conseguir acrescentar uma corrida na esteira no Strava!

Existem três maneiras de fazer isso, e abaixo segue o passo a passo:

1. Através da Web

  • Entre no Strava
  • Clique em “Upload” no canto superior direito da página
  • Clique em “Manual”, conforme listado no lado esquerdo
  • Selecione seu tipo de atividade, complete outros campos necessários e clique em “Criar”

Manual Activity Entry-Web

2. Aplicativo Android

  • Selecione o Feed de Atividades na aba de Navegação
  • No Feed de Atividades, clique no sign de MAIS (+) na barra de ações
  • Na página de Atividade Manual, complete a Duração, Distância, Velocidade, Título, Tipo de Atividade, Horário e Descrição para completar

RecordManualActivity - Android

3. Aplicativo iOS

  • Selecione o Feed de Atividades na aba de Navegação
  • No Feed de Atividades, clique no sign de MAIS (+) no canto superior esquerdo
  • Na página de Atividade Manual, complete a Duração, Distância, Velocidade, Título, Tipo de Atividade, Horário e Descrição para completar
RecordManualActivity_-_iOS_0RecordManualActivity_-_iOS

Pronto, que tal já aproveitar hoje para registrar sua primeira corrida na esteira no Strava e começar a acumular milhas aéreas pra viajar de graça? 🙂

E se quiser conhecer outras estratégias do para viajar praticamente de graça, de forma MUITO rápida e efetiva, então clique aqui!

Grande Abraço.

Allan Costa

7 programas não convencionais para se fazer no Japão a turismo

Japao a turismoVocê já deve ter ouvido falar das mais diversas atrações turísticas do Japão, como a Disney japonesa, castelos e templos budistas famosos, monte Fuji, Museu Nacional, entre outros. Mas ao invés de voltar de viagem contando histórias sobre lugares onde muitos outros já foram, vamos te dar dicas de lugares não convencionais para se visitar no Japão a turismo que, além de trazer aquele senso de aventura e descoberta em você, também vão deixar seus amigos e familiares curiosos. Mesmo os que já visitaram o país.

E o melhor é que a maior parte desses programas são bem baratos!

Então sem perder tempo, vamos lá!

1) Plantação de melancias em formato de Coração (Local: Kumamoto)

Japao a turismo_1

Se você é que nem eu, deve ter levado um susto quando viu uma notícia. Há bastante tempo, você já deve ter ouvido falar sobre melancias quadradas que os japoneses desenvolveram para facilitar o transporte e ser mais fácil guardar na geladeira.

Mas se você acha que eles ficaram satisfeitos com a melancia quadrada, então você se engana.

Depois de muitas tentativas, o fazendeiro de Kumamoto, Hiroichi Kimura, conseguiu criar uma melancia com formato de coração.

Além do belo formato, a fruta ganhou uma consistência bem crocante e ficou muito doce.

Para conhecer melhor você pode visitar a fazenda do Sr. Kimura e ver de perto como o processo de produção é feito, e claro, até provar uma dessas belezinhas.

2) Luta de Sumô

Japao a turismo_2

Luta, Japão, Comida… aposto que a primeira palavra que vem na sua cabeça ao ler essas três é o Sumô!

O Sumô é um esporte muito tradicional no Japão, onde muitas pessoas ganham a vida vivem com ele (lutadores, treinadores, preparadores físicos, etc).

Se não quiser ficar preso à sua imaginação, você pode assistir um dos 6 campeonatos que acontecem por ano no país. Cada campeonato dura 15 dias, e acontece em vários lugares:

Janeiro, Maio e Setembro no Ryogoku Kokugikan em Tóquio,
Março em Osaka
Julho em Nagoya
Dezembro em Fukuoka

Então que tal tirar um tempo para ver de perto esse duelo de gigantes?

3) Museu de Mangá Osamu Tezuka (Local: Takarazuka)

Japao a turismo_3

Osamu Tezuka (1926-1989), conhecido como o pai do mangá moderno e pioneiro de animê, deixou mais de 150.000 tirinhas de histórias em quadrinhos, filmes e curta-metragens, além milhares de episódios de séries de TV que divertiram gerações no Japão e no mundo. O Museu é uma homenagem à ele. Lá você pode conhecer tanto os trabalhos visuais quanto suas filosofias.

4) Museu de Cup Noodles (Local: Kanagawa)

Japao a turismo_4

Difícil achar quem não goste de uma comida japonesa, com seus sushis, sashimis, e muitos outros. Mas se você acha que é só isso que o pessoal come no Japão, você está enganado. Até porque o macarrão instantâneo é parte da alimentação dos japoneses (e de outras culturas orientais).

Não é à toa que eles tem um museu só para mostrar a história e o desenvolvimento do nosso famoso “miojo”. O mais legal é que você pode se arriscar a ser o master chef do dia e criar seu próprio Cup Noodles, o que não é tão fácil quando se tem mais de 5.000 possíveis combinações de ingredientes e sabores!

Aí você vai poder dizer de verdade que é um especialista no assunto 🙂

5) Passar a noite no templo Eko-in (Local: Wakayama)

Japao a turismo_5

O Monte Koya tem sido um lugar de peregrinação desde que o monge Kobo Daishi teve a inspiração para fundar a Escola Shingon de Budismo. Uma das atividades menos exploradas por turistas que passam na região é a de se juntar aos monges em um dos templos de Koya.

O Eko-in é um dos quase 50 lugares abertos ao público. Lá eles oferecem a você uma típica experiência de Koya – um quarto simples tranquilo coberto com tatame, um jantar vegetariano composto por uma sequencia de pratos servidos com requinte em potes artesanais laqueados, e a chance de juntar-se aos monges e peregrinos para rezas logo cedo. E além de sentir um gostinho de como é a vida de um monge, você vai poder participar da Cerimônia do Fogo Matinal. Dá só uma olhada para ter um gostinho:

6) Takarazuka Revue (Local: Takarazuka)

Japao a turismo_6

Além do nome, a performance desse grupo é certamente não convencional. Todos os espetáculos apresentam a performance de um grupo de mulheres (isso mesmo, sem nenhum homem, como estamos acostumados a ver). Em alguns dos espetáculos as mulheres usam cabelos curtos e se vestem e se maquiam como homens. São 450 mulheres que compõe a equipe e os espetáculos do grupo são conhecidos pelos japoneses como “o lugar onde sonhos e fantasias se tornam realidade”.

7) Ponte Akashi Kaikyo (Local: Hyogo)

Japao a turismo_7

A ponte Akashi Kaikyo, ou Ponte Pérola, é a maior ponte suspensa do mundo com 4 km de comprimento. Com fácil acesso via transporte público, é um lugar excelente para tirar fotos deslumbrantes. Você pode escalar a estrutura e tirar algumas selfies ou olhar para a água através do chão de vidro transparente (sim, o chão da ponte é transparente!)..

Além da própria ponte, o local conta com uma espécie de museu, um observatório e uma lanchonete além da lojinha de lembranças.

E você, conhece algum item para acrescentar à nossa lista? Escreva nos comentários!

Se estiver planejando conhecer o Japão, então que tal viajar para lá com uma passagem quase grátis? Clique aqui e se inscreva para descobrir como conseguir tal proeza em muito pouco tempo!