Descubra agora como não perder milhas aéreas

Perder milhas aéreas, é perder dinheiro….

Não adianta nada acumular milhas, se por fim, além de não as utilizar, acabará perdendo-as. É muito importante saber exatamente o que fazer para que suas milhas aéreas não sejam perdidas. Perder milhas aéreas significa a perda de renda ou de um possível ganho futuro.

perder milhas aéreas

Você deve estar se perguntando: como posso me precaver de perder milhas aéreas? O que devo fazer?

Para responder a essas e outras perguntas, confira abaixo 5 dicas que vão lhe auxiliar a como não perder milhas aéreas.

1 – SEMPRE leia o regulamento

Existem muitas pessoas que não leem o que está escrito nos regulamentos dos programas de milhagem, e isso pode custar muito caro. Naquele documento estão informações preciosas e tais informações podem mudar ao longo do tempo. É claro que, o programa de milhagem deve informá-lo sobre qualquer mudança, mas caso não o faça, esteja sempre atento para não perder uma milha sequer.

Nunca deixe de monitorar e ficar atento para possíveis mudanças. Acredito que, uma das principais informações a ser obtida no regulamento é a data de validade das milhas. Ao saber quando as milhas vão expirar, a programação para quando usá-las se torna mais fácil.

2 – Acompanhe promoções

Parece nem ser uma boa dica, mas, muitos nem checam por promoções em programas de milhagem. E não é só em sites destes programas que são anunciadas promoções.

As promoções são ótimas formas de acumular mais milhas e proporcionar a movimentação constante delas.

3 – Se não for usar, desapegue

Não seja aquela pessoa que prefere perder milhas aéreas, a vendê-las. Muitos percebem o vencimento chegando, e ficam protelando, dizendo a si mesmos “não vou vender, vai que um dia precise”. Mas, este dia nunca chega, você fica sem milha e sem dinheiro. Caso suas milhas estejam para expirar, venda. Simples assim.

Dessa forma, você irá ganhar dinheiro e não vai ficar no prejuízo. Fique atento para isso, pois com a rotina do dia-a-dia, é normal esquecermos-nos de várias coisas, inclusive das milhas aéreas.

Para vender suas milhas, há algumas opções. São elas: contatar uma agência especializada e credenciada para comprar as milhas de você ou vender diretamente para outra pessoa. Cabe a você julgar qual será a melhor opção.

4 – Um cartão pode ser a melhor saída

É normal observar aqueles que acumulam milhas, terem vários cartões. Realmente, ter vários cartões auxilia no acúmulo de milhas aéreas, porém, se mal utilizados podem tornar-se um estorvo e uma dor de cabeça para o usuário.

Nem todo mundo consegue gerenciar mais de um cartão de crédito, e caso você seja uma dessas pessoas, considere ficar com apenas um cartão.

Com apenas um cartão, o gerenciamento de conta será mais proveitoso e a administração das milhas será mais bem executada.

5 – Antes de comprar, se programe

Antes mesmo de comprar as milhas aéreas, se não quiser correr o risco de perdê-las, tenha em mente quando irá utilizá-las ou para que está acumulando.

Acumular milhas ou comprar milhas sem saber quando irá usar, e também se um dia irá utilizar, é um grande erro. Trace um objetivo claro e plausível antes de comprar as milhas e somente após fazer isto, compre-as.

Se estiver comprando com o objetivo de viajar pelo mundo, encontre datas flexíveis para realizar essas viagens. E se seu objetivo for a comercialização de milhas, saiba o valor de conversão e onde a sua venda poderá ser melhor proveitosa.