Golpes: conheça e não perca dinheiro na viagem – parte 2

Não tem coisa pior do que sentir que foi enganado não é mesmo? Sim, eu compartilho isso! Já fui várias vezes.

Agora, qual a razão para cair em um golpe, se você pode aprender com quem já se deu mal?

Então , a seguir continuo nosso artigo contando quais os principais golpes aplicados em turistas e como evitar cada um deles.

Se você perdeu a primeira parte dessa sequência de artigos, veja aqui antes de continuar!

Quer evitar que te tirem dinheiro durante sua viagem? Então vamos direto ao ponto:


7. Policiais mal-intencionados

Você está aproveitando as atrações no país que está. Tudo muito bonito. Seu dedo clica em uma velocidade de 299 fotos por segundo, e claramente você está aproveitando seu momento turista. Isso até que um policial local te aborda e pede para verificar seu passaporte.

Por ter seguido as instruções do nosso post sobre como se preparar para viajar (LINK AQUI) você está tranquilo, e sabe que está tudo ok. Só que não!

O policial diz que há algo errado com seu visto. Mas, como ele está com um “ótimo humor” ele propõe que tudo estará ok se você realizar o pagamento de uma multa. Para eles! Em dinheiro! JÁ!

Sim, isso não é tão incomum. Muitas vezes, o próprio “policial” não é um policial de fato, mas um cidadão normal bem fantasiado (em alguns casos, bem mal fantasiado!). Para resolver isso é simples: não aceite pagar a multa.

Ele vai insistir. Afinal, quem ganha é ele. Mas diga não. Seja firme! E proponha que ele te leve até a estação policial mais próxima para verificar a situação no departamento. Provavelmente o policial vai perceber que viu errado e está tudo ok, ou ele vai se mostrar muito legal e “deixar passar”.

Em ambos os casos você continua sua jornada de turista de problemas!

Outra possibilidade é o policial dizer que estão circulando muito dinheiro falso e pede para verificar sua carteira. Eles verificam dizendo que não encontraram nada. Na realidade você que vai encontrar sua carteira faltando algum dinheiro que eles tiraram. Se esse for o caso, conte o valor antes de entregar a eles ou apenas entregue uma nota por vez.


8. Cambistas

Se você acha que cambistas só existem aqui no Brasil, está redondamente enganado. Em locais onde grandes eventos ocorrem isso existe. Isso costuma acontecer muito em eventos como a Champions League na Europa, grandes grupos como Cirque du Soleil, e outras peças famosas, e qualquer outro grande evento e local concorrido.

Chegando a um evento, ao se confrontar com falta de ingressos, pense duas vezes se vale a pena comprar de cambistas. Assim como por aqui, muitas pessoas compram para revender e ganhar uma comissão em cima. Porém, outros cambistas acabam falsificando ingressos e te vendendo por preços altos.

O pulo do gato é que no momento que você descobrir que foi enganado por um dos truques mais antigos do guia, o cambista já estará bem longe, e está sendo barrado na entrada depois de perder um bom tempo na fila.

Evite isso, e busque fontes confiáveis para comprar seu ingresso.


9. Avisos de perigo de furtos

Em diversos países, principalmente na Europa é comum ver cartazes dando alertas a respeito dos batedores de carteiras (em Portugal, chamados de carteiristas). Apesar de parecer um serviço público é praticamente um auxílio para os carteiristas.

“Mas por quê?” você me pergunta. Simples: Ao ler um anúncio desse tipo, qual é a nossa primeira reação? Checar se a sua carteira / celular estão ok.

Ao bater no bolso, ou olhar na bolsa, acabamos avisando a quem está ao redor onde estão nossos pertences. Dessa forma um trombadinha pode atacar com foco. Já sabe qual bolso ele deve focar.

Portanto, ao ver esse anúncio, não precisa evitar a checagem, mas fique de olho em qualquer possibilidade de abordagem nos próximos minutos. Alguém pedindo informação, ou trombando com você.

Ás vezes não fazer nada, mais ficar atento é tudo o que você precisa.


 10. Oops.. sujou!

Durante seu passeio você é surpreendido por algo acertando sua cabeça. Quando você vai ver, nada mais é do que cocô de pomba. Que nojo, né? Então, alguém muito solícito que viu tudo o que aconteceu resolve te ajudar. Ele aparece no momento e começa a limpar a sujeira e conversar. Parece uma pessoa legal.

O que você não sabe é que não foi bem uma pomba que mirou bem na sua cabeça. Outra coisa que você não sabe, mas vai descobrir em breve, é que alguns itens que estavam no seu bolso foram levados enquanto o cocô estava sendo retirado.

Se isso acontecer com você, fique bem atento aos seus itens, e agradeça a ajuda, mas limpe você mesmo.

Uma variação desse truque seria alguém acidentalmente derrubando catchup, mostarda ou maionese em você.

Por mais que pareça cena de filme e seriado, acredite, acontece na vida real.


11. Free Trip – Você ganhou uma viagem grátis

Imagina que você está andando na rua e alguém te aborda oferecendo um bilhete de raspar, sem compromisso e gratuito. Você raspa, e, PARABÉNS!! Você foi premiado com uma viagem grátis. E para resgatar o prêmio, você tem que ir até um endereço definido. Você se recusa, e o local faz uma pressão psicológica, dizendo que se você não for ele não recebe pelo trabalho dele.

Esse é o momento que o alerta vermelho tem que soar. O que acontece em seguida é te levar para um hotel onde tudo vai ser acertado. O que acontece lá é uma longa apresentação sobre os conceitos de timeshare, onde você paga um valor anual para poder ir para lugares do mundo todo. E exatamente hoje, o preço é especial, e você tem um grande desconto.

Ou você vai sair de lá com a carteira mais leve, e comprar por algo sem ter muito tempo para avaliar se faz sentido financeiramente, e de uso. Ou vai perder preciosas horas da sua viagem, onde poderia estar aproveitando uma praia, as montanhas, ou a selva.

Independente se a abordagem for com um bilhete de raspar, ou outra variação, você pode ter certeza que se trata da mesma coisa!

Fique de olhos abertos!


12. Pequenos favores

Você está caminhando e te oferecem uma oportunidade para tirar uma foto.  Pode ser um animal, como um macaco, elefante, ou vaca, ou alguém querendo ler sua mão, te um chapéu bonito, ou até tocar uma música para você!

Fique sabendo que em alguns países, como do Oriente Médio ou Ásia, isso sempre vem seguido de uma caixinha. Se estiver disposto à esse agrado, pode ficar a vontade. Mas é importante ficar atento para não ter surpresas nem gerar um mal estar com os locais por não seguir as “regras” da região. Em alguns casos eles podem até se tornar agressivos e querer ficar com seu telefone ou câmera. Portanto se previna.

No fim, algumas dessas oportunidades são interessantes. Só lembre-se de perguntar antes quanto custa para evitar a discussão depois de já ter “consumido o produto”. Assim o local pode te cobrar mais. Afinal você já tirou a foto, ouviu a música, teve a mão lida, etc.


Para conferir o último artigo dessa sequencia sobre os principais golpes contra turistas, clique aqui.

Está gostando dos artigos? Quero que você saiba o máximo possível para aproveitar melhor suas viagens sem essas dores de cabeça.

Falando em viagem, que tal programar a próxima?

Uma das coisas que mais preocupa seus planos de viagem é o alto custo de viagens de avião?

E se você pudesse durante uma semana receber excelentes conteúdos GRATUITOS online sobre como acumular milhas de forma bem rápida e praticamente viajar de graça?

Para ajudar pessoas como você, vou realizar o maior evento online sobre o assunto: a 2ª semana das Milhas Aéreas. Nesse evento 100% gratuito e online, vou compartilhar conteúdos que vão te ajudar a reduzir o custo de sua viagem, e acelerar seu acúmulo de Milhas Aéreas.

Não importa a sua idade, se tem cartão de crédito ou não, o método funciona para você, e é 100% gratuito.

Para receber esses conteúdos no seu email, clique aqui!

Comece hoje mesmo a economizar nos seus custos de viagem.

Suas férias nunca mais serão as mesmas!

E boa viagem!