Guia sobre os principais museus de Paris

Paris, capital da França, quase não tem museus. Com um número que passa dos incríveis 100 museus, fica até difícil escolher qual visitar primeiro.

Entretanto hoje vamos dar uma olhada mais cuidadosa nos principais museus de Paris. E aposto que quando digo as seguintes palavras, museu e paris, o Louvre vem como sua resposta primária. Isso porque, ele é mundialmente famoso, porém Paris possui outros igualmente belos. Caso seja sua primeira visita a Paris é imprescindível que vá a todos estes.

 

1 – Louvre

É simplesmente fantástico, e muito, mas muito grande. Ouso dizer que para conhecê-lo por completo, você irá precisar de uns 3 dias.

A pirâmide do Louvre, realizada pelo arquitto leoh Ming Pei, e possui 21 metros de altura. Está rodeada de sete pias e fontes, flanqueada por outras três pirâmides mais baixas, que iluminam os acessos às três alas do museu: Sully, Denon e Richelieu.

paris louvre
Louvre

Antes de entrar é importante saber que o Louvre, possui uma vasta coleção. Acredito que seja importante saber quais são, para que ocorra um melhor direcionamento da visitação. As coleções são:

 

Antiguidades Orientais

O setor de Antiguidades Orientais, instituído em 1881, apresenta numerosas peças e compreende toda a vasta zona que vai desde o Bósforo até o Golfo Pérsico.

Antiguidades Egípcias

O setor egípcio do Louvre oferece uma ampla documentação sobre a civilização que se desenvolve ao longo do Nilo. Isso inclui seus alvores, até os períodos ptolemaico, romano e bizantino.

 

Antiguidades Gregas, Etruscas e Romanas

Esta seção do museu, tal como a egípcia, oferece um extraordinário panorama de testemunhos artísticos, que abrange desde a idade arcaica até o final do Império Romano.

 

Coleções de Pintura

A coleção de pinturas do Louvre, sem dúvida foi uma das pioneiras no mundo, e começou com o rei Francisco (1515-1547).

Escultura

Em relação a escultura, pode-se afirmar que hoje o Louvre oferece o panorama completo da história da escultura.

 

Objetos de Arte

Nesta parte do museu, encontram-se todo tipo de objetos, como: móveis, tapetes, joias, pequenos bronzes, miniaturas, porcelanas, entre outros.

 

E se for conhecer o local, não deixe de tirar uma foto com uma das pinturas mais famosas de todos os tempos “A Gioconda” ou como é popularmente conhecida “Mona Lisa”.

paris mona lisa
Mona Lisa de Leonardo da Vinci

E você sabia que, o Louvre já foi palco inclusive para o filme “O Código DaVinci”, com Tom Hanks e Ian Mckellen, conhecido por interpretar o Magneto, na franquia X-Men.

A entrada custa em torno de 15 euros.

 

2- Orangerie

Como indica o seu nome, o museu foi construído numa antiga orangerie, para proteger do frio do inverno as laranjeiras das Tulheiras.

paris l'orangerie
Orangerie

O museu é o lar para a incrível coleção de Paul Guilhaume, um colecionista visionário, e possui 144 pinturas pós-impressionistas. A coleção possui importantes obras de Soutine, Cézane, Picasso, Van Dongen e Modligliani.

paris paul guilhaume
Coleção Paul Guilhaume

Após suas obras de reestruturação, que se prolongaram por mais de 5 anos, o museu reabriu suas portas em 2006. As mudanças foram significativas, e agora permitem que a luz natural possa iluminar a sala que alberga a obra-mestra de Claude Monet.

A entrada custa em torno de 9 euros.

 

 

3- Orsay

E se você estiver em algum desses museus citados acima, vá também ao Orsay. O museu d’Orsay fica próximo do Louvre e do Orangerie.

O prédio foi construído em uma maravilhosa estação rodoviária, datada no ano de 1900. Seu acervo é riquíssimo também, contendo obras de Manet, Monet, Caillebotte, Cézanne, Renoir e Pizarro.

paris orsay
Orsay

Entre as grandes obras do museu, algumas bem famosas são: A Origem do Mundo, de Gustave Coubert, o autorretrato de Vicent Van Gogh e as Coquelicots, de Claude Monet.

paris van gogh
Autorretrato de Vicent Van Gogh

Diferente do Louvre, o Museu de Orsay, não possui um tamanho muito extenso, logo a visita pode ser facilmente feita em apenas um dia. O ingresso para a visitação está em torno de 12 euros.

 

4- Centre Pompidou

Um dos grandes símbolos da arquitetura moderna, o Centre Pompidou foi inaugurado na década de 70. Na época que foi construído pelos arquitetos Renzo Piano e Richard Rogers, causou polêmica e enfrentou algumas críticas.

Centre Pompidou
Centre Pompidou

Entretanto, o Centre Pompidou é um grande centro cultural, e merece ser conhecido. Nele, aqueles que o visitarem vão ter contato com bibliotecas, cinema, teatros e um imenso acervo de arte moderna e contemporânea do mundo. Picasso, Andy Warhol e Matisse, são apenas alguns dos nomes encontrados neste maravilhoso lugar.

E todos devem ir ao último andar. Ainda que você ande mais e possa até estar cansado, não deixe de ir. No último andar, você terá uma das vistas mais exuberantes de Paris, digna de ótimas fotos.

paris centre pompidou 2
Vista do último andar do Centre Pompidou

O preço está em torno de 18 euros para conhecê-lo, e para o que você verá lá, chega a ser um preço bem razoável. Este museu não possui um tamanho que se compare ao Louvre, ou seja, poderá desbravá-lo por completo em um curto período de tempo.