Ir para Nova York, curtir bastante e gastar pouco, é possível?

Viajar é muito bom, não é? Imagina então viajar, sem gastar muito e para uma das cidades mais conhecidas do mundo. Seria possível isso? Sim, é possível. Hoje, vou mostrar  como você pode viajar para Nova York, sem gastar muito.

A primeira dica para não gastar muito em NYC é: não se hospede em hotéis em Manhattan, pois são bem caros. A hospedagem pode ser feita em hotéis perto de Manhattan, e garanto que não são ruins. Pergunte ao seu agente de viagens as melhores opções de hospedagem. E também existe a opção de hospedagem em apartamentos ou quartos que os residentes de NYC, alugam. Caso escolha essa opção, posso citar: Airbnb, Homeaway e Windu. Encontre alguém que seja confiável, e faça a sua hospedagem.

Agora vamos aos passeios. A segunda dica para os visitantes da Big Apple é: os museus. Dois bem famosos são: American Museum of Natural History e Metropolitan Museum of Art. Neste dois lugares você irá ver muita, mas muita coisa interessante. Tenho quase certeza de que você já viu o filme “Uma Noite no Museu,” correto? O American Museum of Natural History ou Museu de História Natural é onde este filme é passado, e você vai ter a chance de ver tudo aquilo, pagando o que seria equivalente a $25.

nova york

O Metropolitan Museum of Art ou MET, exibe para você diversas obras de arte de artistas de vários lugares do mundo. O preço de entrada se assemelha ao do Museu de História Natural. E se você não gostar do MET, no terraço do museu você ainda vê uma vista incrível, só para você não perder a viagem.

Terceira dica: Times Square. Na Times Square você vai ficar alucinado com tantas propagandas e letreiros luminosos. Ouso ressaltar que é o lugar mais vivo de Nova York, pois o trânsito de veículos e pessoas é intenso, 24 horas por dia.

Quarta dica: você está indo e não pretende gastar muito, eu sei disso, e esse guia é justamente voltado para isso. Mas, uma passada na Quinta Avenida não machuca ninguém. Lá você irá encontrar todo o tipo de loja, marca, produto e restaurantes.

Quinta dica: se não pretende visitá-la durante sua visita em NYC, você estar perdendo um grande passeio. A Estátua da Liberdade é uma parada obrigatória, e garanto que não irá se arrepender.

Sexta dica: Outro ponto que não é caro, mas você não deve deixar de ir é o Empire State Building. Não é caro, e pode acreditar, você terá uma vista privilegiada da cidade de Nova York.

Sétima dica: Reconheço, não é um passeio muito feliz, porém, você deve visitá-lo. O Marco Zero (Ground Zero), é o exato local de onde ficavam as Torres Gêmeas.

Oitava dica: Imponente, bela e gigantesca. Um dos pontos turísticos mais visitados de Nova York, a Brooklyn Bridge é uma parada obrigatória e vai render fotos sensacionais. E não se preocupe se não estiver de carro, pois você poderá cruzá-la a pé ou de bicicleta.

Nona Dica: Você já andou e conheceu muita coisa. Mas, saco vazio não para em pé. Chegou a hora de comer! Onde? Vou recomendar dois locais, e creio que você irá gostar muito. O Shake Shack possui um sanduíche maravilhoso e se você não consegue abrir mão daquela marmita no almoço, não se desespere.

No Halal Guys, você irá comer uma refeição estilo marmita e sem muito glamour, porém é deliciosa. Vale muito a pena conferir.

Décima dica: Depois de comer bastante, seguindo as dicas acima, hora de gastar as calorias fazendo uma caminhada pelo Central Park. Um lugar muito bonito e um dos poucos refúgios da selva de pedra, contendo bastante verde. Passar um fim de tarde nesse lugar será certamente inesquecível. Vale a pena visitar a homenagem feita para John Lennon, o Strawberry Fields. E se você animar e a previsão do tempo ajudar, faça um passeio de barco pelo lago do parque. Garanto que você não irá gastar muito.

E aí, já convenci a vir para Nova York? Espero que sim! Desejo para você uma excelente viagem e que seja memorável.