Lugares para tirar a roupa (e não ser preso pelado)

 

Atentado ao pudor! Esse o crime que você está envolvido se estiver a mostrar suas partes íntimas em público aqui no Brasil.

Graças a essa lei não vemos pessoas a exibir suas partes por aí. Agora já imaginou como seria se você pudesse andar por aí como veio ao mundo, pelado?

Pois saiba que em alguns lugares do mundo e em algumas situação é exatamente isso que você precisa. E não estou falando de praias de nudismo.

Veja abaixo quais são esses, e quem sabe você não decide se soltar.


1. Hamam em Istanbul

“Ahhhh… está doendo!”  Não tem como não ter uma relação de amor e ódio com massagens. Dói tanto na hora, mas traz um bem estar tão grande depois, não é?

Pois é. Saiba que o Hammam Turco também tem esse relação de dualidade. E por que? Bom, você entra em um salão muito lindo, com colunas exuberantes, parecendo que está em um episódio de Game of Thrones. Então você tira a roupa e deita totalmente pelado. O massagista vai então esfregar todo o seu corpo com um sabão especial, e realizar uma esfoliação; em TODO SEU CORPO.

E assim você experimentou o famoso Hamam. Apesar de estranho, com certeza é uma experiência que vale a pena.


2. Festival Burning Man

O Festival Burning Man é um dos festivais de música mais famosos do mundo. Eu inclusive já tinha recomendado no artigo que contei quais são os festivais de música que você precisa conhecer antes de morrer.

Imagine a cena: No meio do deserto de Nevada uma comunidade um tanto hippie vai para lá em nome da arte e expressão pessoal. Nesse espírito, é sempre esperado pessoas usando as roupas mais únicas possíveis… inclusive aquelas “invisíveis” também conhecidas como ficar pelado!

É isso mesmo: Entre os mais 70.000 que comparecem ao festival não tem como não esperar ver um ou outro cara pelado. Portanto, se essa for a sua onda, está aí uma oportunidade perfeita.


3. Clube de Rock All the Young Nudes

Quem não lembra da cena em que o Leonardo DiCaprio pede para a Rose posar para ele no filme Titanic?

Um momento romântico, íntimo, único. Agora imagina como seria se houvesse uma plateia gigante com eles? E se tivesse vários artistas a desenhar a Rose?

Diferente? Então bem vindo ao All the Young Nudes. Pessoas das mais diversas: como motoristas de ônibus, estudantes, avós vão à esse clube na Escócia para desenhar alguns modelos, entre goles de cerveja e vinho. E tudo isso ao som de clássicos como Rolling Stones, Sex Pistols, e David Bowie

Diferente de outros clubes de desenho, não existe nenhum professor ou tutor, um DJ quem seleciona a playlist, e cada semana tem um tem um tema diferente.


4. Saunas na Finlândia

“Eai, partiu curtir uma sauna?” Com certeza você já ouviu alguns comentários mais maldosos sobre saunas aqui no Brasil, não é mesmo?

Apesar do frio, na Finlândia as saunas são uma tradição! Eles são considerados os criadores das saunas. Eles tiram as roupas, e ficam por lá no vapor. E logo em seguida pulam em um buraco no meio de um lago congelado.

Pela tradição eles não usam roupas para evitar problemas que possam surgir pelo excesso de vapor e umidade.

Então, se você estiver tranquilo em ficar pelado, um ponto que precisa visitar é em Kakslauttanen, que fica em uma rodovia norte direção ao Ártico. Mas já se prepare: eles acabam por aglomerar até 100 pessoas dentro das suas 3 salas de banho.


5. Alemanha

Metódica, pontual, organizada, responsável, ordeira; essas são algumas das características que estão no estereótipo dos alemães pelo mundo. Então, a última coisa que você poderia pensar sobre eles era isso.

Se uma pessoa de Berlim te convidar para uma caminhada no Tiergarten, ou Mauerpark em Prenzlauer Berg, talvez seja melhor pensar bem antes de responder.

Essas praças são lugares muito famosos como pontos para se bronzear; Em outras palavras, isso seria povo alemão totalmente pelado, com suas nádegas para cima.

Além disso, pelo país você pode encontrar diversas outros lugares para praticar o nudismo. Mais de 300 clubes privados de nudismo, conhecidos como FKK, ou Free Body Culture, que prega uma abordagem naturista.


6. Festival Hadaka Matsuri

Quem não quer sorte e felicidade por um ano inteiro? Mas não é um gênio da lâmpada que te oferece isso, mas um festival Japonês. Ele acontece todos os anos no terceiro Sábado de Fevereiro.

Você veste um fondoshi, uma espécie de cueca parecida com a usada no sumô, se purifica em uma água quase congelando e se junto com outros 9000 homens para brigar pelos  shingi, item capaz de trazer a sua felicidade e sorte tão esperados.

Tranquilo, não é?

Se você quer saber como é esse festa, veja esse vídeo feito por um turista britânico.